Plano de Saúde: motivos para fazer um o quanto antes!

Segurança, economia e atendimento de qualidade

No imaginário de muitas pessoas, ter um plano de saúde significa ter um gasto a mais. Apesar de se tratar de saúde, questão que muitas vezes requer cuidados emergenciais, muitos brasileiros negligenciam desde consultas periódicas, vacinas e até a realização de exames importantes. Nosso blog traz hoje motivos essenciais para se fazer um plano de saúde.

De acordo com um estudo realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), 69,7% dos brasileiros não possuem plano de saúde particular — seja individual ou empresarial. Além disso, esse percentual é ainda maior entre as pessoas das classes C, D e E, atingindo 77%.

O levantamento, divulgado no início do ano, ainda revelou que:

  • 44,8% dos entrevistados sem plano de saúde disseram utilizar o Sistema Único de Saúde (SUS) (classes C, D e E representam 51,4%) quando precisam de atendimento;
  • 55,2% afirmaram que arcam com dinheiro do próprio bolso para pagar pelos serviços necessários;
  • 38,5 %, manifestaram insatisfação em relação ao SUS, sobretudo quanto à demora no tempo de atendimento.

E sobre quem possui Plano de Saúde:

  • O preço acessível foi o fator de decisão mais citado para definição do convênio (42,5%), seguido pela qualidade da rede credenciada (33,3%) e pela recomendação de outras pessoas (22,3%);
  • R$ 439,54 é o valor mensal médio que o brasileiro paga pelo plano de saúde;
  • 42,2% disseram pagar do próprio bolso na situação de o plano de saúde não cobrir totalmente ou parcialmente as despesas necessárias;
  • 97,1% dos beneficiários de planos de saúde estão com o pagamento das mensalidades em dia;
  • 69,1% dizem serem bem ou muito bem atendidos pelos seus planos de saúde particular.

O estudo foi realizado com consumidores das 27 capitais brasileiras, homens e mulheres, com idade igual ou maior a 18 anos, de todas as classes econômicas. Foram feitas 1,5 mil entrevistas, de 15 a 26 de setembro de 2017, com uma margem de erro de 2,5 pontos percentuais.

E quais são os benefícios de um Plano de Saúde?

Economia

Saúde é investimento. E sem um plano de saúde, muitos tratamentos médicos saem ainda mais caros e nem sempre estamos preparados para lidar com eles na hora da emergência. Alguns planos cobrem de forma 100% os custos, o que em momentos de urgência, é um grande alívio!

Qualidade

Não é novidade para nenhum brasileiro que a saúde pública tem sérios problemas estruturais e de gestão. Por isso, contar com bom plano de saúde é ter a certeza que será atendido em uma ampla rede de hospitais, clínicas e laboratórios associados. Isso se refletirá em grande qualidade na hora de realizar tratamentos médicos.

Garantias

Garantido pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), existe um rol de procedimentos, que serve como referência básica para a cobertura obrigatória dos planos contratados. Esse modelo conta a partir de 2 de janeiro de 1999. Acesse aqui para ver o Rol de Procedimentos.

Cobertura familiar

Filhos, pais, irmãos… A família é um dos principais fatores da vida das pessoas. E existem planos de saúde que fazem cobertura para todos os membros da família. Nesse caso, o titular é o responsável pelo plano e ele pode incluir dependentes.

Esses dependentes não podem ser qualquer pessoa, normalmente as operadoras aceitam apenas filhos e esposa. Em alguns casos, são aceitos outros tipos de parentes desde que se comprove que eles são dependentes financeiros (esses casos são mais raros).

Na Pentágono você encontra diversas opções de cobertura como urgência e emergência, parto, consultas, exames, internações e cirurgias, entre outras opções de acordo com as suas necessidades e perfil.

Faça agora mesmo a sua avaliação e proteja-se: https://bit.ly/2ITdkAF

Com informações: Agência Brasil